sexta-feira, janeiro 29, 2010

Pensamento

É importante saber quando devemos agir mas mais importante é saber quando devemos parar.
(...)

4 comentários:

Zabour disse...

E tu consegues parar o pensamento???

Hum...tens que me ensinar!

Bjs

Cláudia Nóbrega disse...

Zabour:

Não me referia a parar o pensamento, referia-me a uma paragem noutro sentido: uma paragem que nos centre mais em nós.

Quantas vezes paramos para ouvir o que o nosso Eu Interior tem para nos dizer?

Quantas vezes chegamos à nossa essência?

Talvez a confusão tenha surgido por causa do título do post. Mas o título quer dizer que aquilo que surge a seguir, ou seja, no corpo do post, é para reflectir.

De qualquer modo é possível parar o pensamento através da meditação. Não é algo imediato mas, como tudo, é uma questão de treino.

Beijinhos.

Zabour disse...

Eu não disse que tu disseste que conseguias para o pensamento. Eu é que te perguntei se conseguias fazê-lo.
É que para mim parar de agir no momento certo é fácil, mas parar o pensamento no momento certo é muiot mais complicado e torna tudo mais dificil.

Era só isso.

Beijokas

P.s. Gostei muito da tua terra. Pena que não tenhas tido disponibilidade para o tal café.

Cláudia Nóbrega disse...

Zabour:

A resposta é essa pergunta está dentro de ti, basta ouvires... ;-)

Beijinhos.

P.S. Fico contente que tenhas gostado. Pois é, a altura não foi a melhor mas fica para uma próxima oportunidade, tenho a certeza que oportunidades não irão faltar.