quinta-feira, maio 21, 2009

…hoje acordei com o som da chuva e vento a bater, freneticamente, na janela do meu quarto. Soube tão bem estar aconchegada debaixo dos lençóis e relembrar as cinzentas manhãs de Inverno.

Parece que vamos ter queda de neve nos picos mais altos e há uma forte probabilidade de ocorrência de trovoadas mas, independentemente do tempo que se faz sentir lá fora, há um brilho, uma pacificidade e uma alegria que transborda de mim…

4 comentários:

Zabour disse...

Oh...tb quero, adoro estar na cama e ouvir a chuva a cair lá fora.

Beijinhos

Cláudia Nóbrega disse...

Zabour:

Pois é, sabe mesmo muito bem...

Bom fim-de-semana!

Beijocas.

Palavras de Osho disse...

Belíssimo momento, belíssima descrição!

Cláudia Nóbrega disse...

Palavras de Osho:

Obrigado pelas palavras...